71472 notes Reblog 8 Agosto 2014.
17885 notes Reblog 8 Agosto 2014.
Ela tinha saído do banho, estava com o roupão. Deitei ela sobre a cama e retirei o roupão de banho. Me despi e cobri o corpo dela pequeno e cheio de curvas com o meu corpo.
Beijei-a intensamente, provava seus beijos, me puxava contra seu corpo, praticamente na necessidade de me colocar dentro dela.
Sentia suas unhas raspando minhas costas e eu mordia a cada sensação de arrepio.
Me puxava cada vez mais sobre seu corpo, vai e vem. A cada entrada e saída gemidos.
Coloquei sentada sobre mim, ficava admirando ela subindo e descendo, ficava olhando seu rosto, suas feições e sua boca.
Lentamente subia e descia, nossos corpos suados, acariciando seus seios.
Segurando-os com delicadeza e força ao contraste da nossa empolgação em buscar do prazer máximo. Há deitei de lado, levantei sua perna e me aproximei num encaixe perfeito, onde podia sentir sua respiração.
Nossa respiração acelerada, gemidos mais fortes, entra e sai acelerado
Sentindo os corpos suados, levei ela ao êxtase. “- Chegue comigo ao prazer, meu amor”, ao pé do ouvido, enquanto seu cabelo era puxado, entrelaçado em minha mão e a frequência do vai e vem aumentava.
Aranhava minhas costas com intensidade, estava quase lá aumentando o ritmo, ela inclinou sua cabeça pra trás e os nossos gemidos saíram juntos.
Sentindo o prazer nos cobrir numa maré de desejo atingido. A abracei forte “-Eu te amo minha princesa”. Trouxe a cabeça dela sobre meu braço. E olhando para cima, agradeci ao destino por ter ali comigo, tudo aquilo que sempre sonhei."
650 notes Reblog 16 Julho 2014.
783554 notes Reblog 16 Julho 2014.
235144 notes Reblog 16 Julho 2014.
16073 notes Reblog 16 Julho 2014.
Me tire do tédio e pratique um assédio."
Charles Bukowski. (via acrescentada)
Imagina a nossa filha, aposto que vai ter o teu sorriso.
60049 notes Reblog 16 Julho 2014.
52676 notes Reblog 16 Julho 2014.
Ela é aquilo que ninguém vê. E tudo aquilo que ele gosta. No mesmo frasco, atrás do rótulo. E respondendo aos fulanizadores, é possível viver um longo período entusiasmado ao lado de alguém. Basta não relacionar-se com estereótipos, mas sim com aquele que sinta a mesma emoção em contemplar o mar ou olhar no fundo dos seus olhos. Com quem gosta de você como é vale a pena se amarrar. Por tempo indeterminado."
Gabito Nunes (via acrescentada)
Portanto, o que é a vida senão um ciclo infinito de querer, satisfazer, entediar-se e depois querer de novo?"
Arthur Schopenhauer  (via carenciadora)
51262 notes Reblog 16 Julho 2014.
1371 notes Reblog 16 Julho 2014.